Por que você deve aplicar a gestão financeira estratégica?

gestao-financeira-estrategica 02

Recursos são o sangue que corre nas veias de todo negócio. Ter uma boa gestão financeira para administrar estes recursos, é o ponto principal para alcançar seus objetivos e permanecer no jogo que é o mercado. Se você está a frente de uma Pequena ou Média empresa (PME), onde normalmente não há uma equipe especializada em gestão financeira, queremos lhe apresentar o que é a gestão financeira estratégica.

Uma das ferramentas de gestão pensadas para facilitar a relação entre fluxo de caixa, datas, previsões e outras atividades relacionadas ao crescimento dos recursos financeiros do seu negócio ao longo prazo.

Focada no lucro, esta é uma das ferramentas de gestão mais simples do que parece. Tanto sua implementação quanto a execução dos processos envolvidos são baseadas em otimizar sua gestão financeira. No final das contas, é uma forma de organizar melhor seus recursos e criar mais tempo para você gerir o seu negócio.

Para ajudar você a implementar um modelo de gestão financeira estratégica, preparamos este conteúdo para você acompanhar.

O que é a gestão financeira estratégica?

É fácil para quem não tem afinidade com gestão financeira acabar tendo seu planejamento comprometido, pois, é comum pensar-se apenas na situação imediata. Fazer seu orçamento desta forma pode até ter seus méritos, mas é um dos principais pontos que leva ao colapso de empresas.

Ao planejar apenas um período curto de tempo, o empreendedor não consegue direcionar seus recursos para a manutenção e a longevidade da sua empresa. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apresentou dados que mostram que a maioria dos negócios inativos apresentava falta de estrutura financeira.

Os dados são preocupantes. O serviço divulgou, ainda, que a taxa de sobrevivência das empresas é baixa: a cada quatro negócios abertos, um fecha antes mesmo de completar dois anos no mercado.

Como mudar essa realidade? Sabemos como a gestão financeira é uma das maiores preocupações dos empresários e que estão entre os principais problemas para a manutenção de uma empresa em funcionamento.

O segredo é pensar na longevidade da organização. Existem contas a serem pagas agora, mas também existe um projeto que está sendo construído a longo prazo. Por isso, é preciso pensar no futuro e realizar uma observação focada, baseada nos objetivos estratégicos da empresa – aprenda como usar a metodologia dos objetivos SMART em seu negócio.

É exatamente isso que a gestão financeira estratégica oferece. Em vez de focar apenas o presente, ela direciona os recursos para os planos de médio e longo prazo.

Todo o processo é pensado para favorecer a sua empresa e mantê-la ativa. Por isso, a gestão financeira estratégica prevê problemas e dificuldades, criando o que chamamos de caixa de fundos. Assim, sua empresa fica estrategicamente protegida de qualquer problema.

Benefícios desse método

Quais as vantagens da gestão financeira estratégica? De forma resumida, são:

  • auxílio na longevidade da empresa;
  • controle dos recursos de maneira eficiente;
  • foco nos seus objetivos em médio e longo prazo;
  • preparação das finanças para lidar com o agora, sem esquecer as possíveis emergências;
  • simplicidade na execução;
  • foco na lucratividade da empresa, pois não se prende aos pagamentos apenas;
  • conveniência para empresários que não têm muita afinidade com finanças.

gestão financeira estratégica 023

Como implementá-la?

Se você já percebeu que a gestão financeira estratégica é um método excelente e que pode auxiliá-lo, falta apenas entender como aplicá-la hoje mesmo na sua empresa.

O primeiro passo é compreender melhor as suas finanças atuais. Isso pode levar algum tempo, especialmente para quem não tem o hábito de ser organizado, mas este é um processo essencial para a visualização dos seus recursos atuais:

  • observe toda a sua reserva: veja qual a quantia que está disponível no momento. Separe no montante que é considerado fluxo de caixa, no de gastos imediatos e, por fim, nos existentes para imprevistos. Não se preocupe se algum desses requisitos estiver zerado. Nesse momento, você está começando a compreender melhor suas finanças;
  • liste suas dívidas: faça uma tabela de todas as dívidas da sua empresa, desde empréstimos até contratos com fornecedores. Anote o montante inicial, a quantidade de parcelas, as datas de vencimento e o valor final (já com os juros, caso eles existam). É importante que você seja objetivo e observe sua situação de crédito de forma analítica. Esses dados ajudarão no momento de direcionar sua gestão financeira estratégica;
  • tenha seus objetivos bem definidos: qual o projeto para a sua empresa em médio e longo prazo? Em que lugar você deseja estar? Como fará para chegar até lá? Quanto precisará investir? Considere essas e outras perguntas. Trace o futuro da sua empresa, considerando sempre que, para chegar lá, é preciso investir tanto em seus recursos físicos quanto na sua gestão de pessoas.

Terminado esse primeiro momento, é a hora de começar a pensar na implementação. Alguns passos são essenciais para que a gestão financeira estratégica tenha sucesso.

Transforme a organização no seu lema

Na área de finanças, é essencial que haja organização. O primeiro passo que passamos aqui é exatamente sobre isso. Ao mapear seus gastos e reservas, é possível observar de maneira mais direcionada a saúde financeira da empresa.

Com esses dados já prontos, a manutenção da organização das finanças se torna mais simples e eficiente. Para manter sua gestão financeira estratégica em dia, você pode utilizar planilhas de controle financeiro ou um software de gestão financeira – que poderá automatizar vários processos, ganhando um alto retorno sobre investimento em quantidades de horas de trabalho poupadas ao deixar de usar planilhas de controle financeiro.

Acompanhe o desenvolvimento da estratégia

Tenha sempre em mente que seus objetivos são o guia da gestão. Por isso, é importante realizar um acompanhamento rotineiro do progresso em suas metas.

Não existe uma periodicidade ideal. Aqui, vale pensar na sua situação inicial e no objetivo final. Você fará o encaminhamento a depender da sua resposta.

Um método que auxilia nesse processo é o scrum. Sua aplicação em gestão de projetos de uma empresa tem resultados interessantes. Quando aliado à gestão financeira estratégica, ele auxilia não apenas na organização, mas também no acompanhamento.

Faça o planejamento sempre

Seus objetivos traçados no início guiam as suas finanças. No entanto, é importante sempre voltar e rever quais ações eram esperadas e quais foram tomadas. Afinal, é sempre possível haver mudanças no meio do caminho.

Por isso, na gestão financeira estratégica são pensados acompanhamentos anuais. No final de um ciclo, reúnem-se as informações do ano que passou e prepara-se o planejamento do seguinte.

Todos esses passos são simples e podem ser realizados hoje mesmo. A tecnologia é uma ferramenta poderosa que pode lhe ajudar na sua gestão financeira estratégica.

Nós, da Flowup, temos um software específico para auxiliá-lo na implementação e manutenção desse método. Saiba mais clicando aqui.

kit gestao financeiraPowered by Rock Convert
Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Flowup Site
error

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Acelere o crescimento da sua empresa.Fale agora com um especialista!
+