Custos diretos e indiretos: entenda os dois agora

custos diretos e indiretos 01

Na sua experiência com gestão de projetos, você já deve ter ouvido falar sobre custos diretos e indiretos. Vamos mostrar para você agora como funciona cada uma dessas mecânicas de gestão financeira em seus projetos, e como entendê-las pode impactar positivamente o fluxo de caixa do seu negócio.

Entender bem estes conceitos permite que você preveja com mais precisão os custos de cada projeto, podendo ser muito mais assertivo em seus orçamentos e na previsão do lucro real que será obtido em seus projetos furutos.

Uma grande vantagem é que identificar e calcular os custos diretos e indiretos de um projeto não é um desafio. O desafio está em organizar e entender toda esta informação através de meios tradicionais, como planilhas de controle financeiro, e organizá-la dentro do seu fluxo de caixa.

É neste momento que um gerenciador financeiro faz toda a diferença no seu negócio como uma das ferramentas de gestão mais importantes que você pode ter. Se você usa planilhas de controle financeiro para fazer a gestão financeira do seu negócio, ficará surpreso com a economia de tempo e facilidade que o uso desta ferramenta de gestão pode lhe oferecer nas suas práticas de gestão.

custos diretos e indiretos 02

Custos diretos e indiretos

Os custos estão relacionados a tudo o que for preciso para se realizar a produção de algo. Seja um produto ou serviço, ele terá custos diretos e indiretos. Até mesmo se você for produzir móveis alternativos com pallets recicláveis, provavelmente encontrará mais custos do que imagina de início.

Não apenas o custo dos pallets em si, mas da sua locomoção para buscá-los, da água e comida que você bebeu enquanto estava no caminho, até mesmo da depreciação causada no local e nas ferramentas usadas para construir seu produto final. Tudo isto são custos, e manter o rastro deles vivo em seu fluxo de caixa é algo que pega muitos gerente de projetos desprevenidos.

Isto acontece com gerente de projetos, e com empreendedores em geral. É preciso rastrear todos os custos relacionados a sua atividade para poder determinar o seu lucro real e poder fazer previsões sobre seu faturamento futuro.

A razão de falarmos tanto na importância em poder otimizar seus orçamentos, prevendo seus custos diretos e indiretos, e o lucro real dos seus projetos, é porque prever é parte essencial em planejar. Quando você aprende a prever o que é possível, você conseguirá traçar objetivos e metas mais assertivamente (principalmente usando a metodologia de objetivos SMART).

Usando estas ferramentas, conquistar estes objetivos será muito mais fácil.

Custos diretos

Custos diretos podem facilmente ser conectados a uma ação específica da empresa. Seja a criação de um produto ou a execução de um projeto. Eles não precisam ser fracionados ou rateados, pois, existem como causa direta da execução de certa atividade.

A quantia paga a um funcionário contratado para trabalhar em um projeto, por exemplo, é considerada um custo direto. Mesmo que este funcionário trabalhe em mais de um projeto por vez, suas horas trabalhadas são trabalhadas diretamente em cada projeto.

Neste momento, ferramentas de gestão como o Flowup podem ser um ativo muito forte no seu negócio, uma vez que ela recolhe esta informação específica para você enquanto o colaborador reporta suas horas em cada uma de suas atividades.

A ferramenta de gestão organiza estas informações fracionadas em relatórios onde você pode ver o resultado final do que foi produzido por projeto, com todos os custos já calculados no seu fluxo de caixa.

A maior parte deste tipo de custo é variável. No caso da produção de um determinado produto, a quantidade de matéria prima necessária irá variar de acordo com o volume da produção.

Do mesmo modo, se uma empresa de software precisa de um servidor para hospedar os dados de um determinado projeto, esta hospedagem é um custo direto do projeto.

Alguns custos diretos, porém, são fixos e permanecem constantes ao longo do ano, como o colaborador que administra o servidor contratado pela empresa de softwares no exemplo acima.

Custos indiretos

Após todos os custos relacionados diretamente a uma atividade serem calculados, qualquer custo restante provavelmente é um custo indireto. Eles podem ser vistos como custos que não podem ser relacionados diretamente às atividades de um projeto, ou de um único projeto, sem a realização de rateio de custos.

Estes são os itens administrativos, ou os custos incorridos para o benefício de mais de um projeto da empresa.

Ótimos exemplos de custos indiretos são impostos, serviços de limpeza e aluguel de equipamentos. Até mesmo serviços publicitários e de marketing ou contabilidade podem ser considerados como custos indiretos no seu fluxo de caixa.

Se você dá benefícios aos seus funcionários, eles provavelmente são custos indiretos, a menos que tenham sido atribuídos especificamente através da participação dele em um determinado projeto.

Assim como os custos diretos, os custos indiretos podem ser classificados como fixos ou variáveis. Os fixos incluem o aluguel do imóvel onde a empresa funciona, enquanto os variáveis correspondem aos custos que variam constantemente, como as contas de gás ou eletricidade.

Rateio de custos indiretos

Um bom exemplo de rateio de custos indiretos pode ser feito quando um funcionário trabalha em mais de um projeto. Imagine um cenário onde um desenvolvedor seja pago R$4.000,00 por mês com todos os seus benefícios, tributos e contribuições inclusos.

Banners2_Gestao_Financeira_2Powered by Rock Convert

Caso este desenvolvedor trabalhasse em apenas um projeto, poderíamos dizer que seu custo para tal projeto é de R$4.000,00. No nosso exemplo, ele irá trabalhar em dois projetos diferentes.

No projeto “A” ele trabalhou 30% da sua carga horária mensal, enquanto no projeto “B”, ele trabalhou 70% da sua carga horária. Tudo o que precisa ser feito agora é calcular estas porcentagens do salário do desenvolvedor para entender quanto de custo indireto seu trabalho representa para cada projeto.

No exemplo acima, o rateio de custos indiretos mostra que o custo que este desenvolvedor representa para o projeto “A” é de R$1.200,00, enquanto o custo indireto deste desenvolvedor no projeto “B” é de R$2.800,00.

A maior dificuldade em administrar sua gestão financeira é ter atenção a estes detalhes repetidamente, pois, serão muitos custos diretos e indiretos a serem calculados.

Por isso um gerenciador financeiro causa tanto impacto no seu negócio. Uma máquina tem memória perfeita, e faz estes cálculos sem deixar nada passar despercebido, aumentando sua consistência e assertividade na gestão financeira do seu negócio.

custos diretos e indiretos 03

Custos diretos e indiretos na classificação de despesas

Agora que você já entendeu como classificar suas despesas, é importante entender também a importância desta classificação, que vai além dos valores calculados. É importante ter atenção porque a classificação de suas despesas irá influenciar no pagamento de seus impostos.

Portanto, caso você esteja classificando suas despesas de forma errada, poderá ter problemas com a receita federal em caso de uma auditoria.

Financiamento externo

Alguns tipos de financiamento externo, como subvenções, tornam a classificação de despesas e a identificação de custos diretos e indiretos ainda mais importantes. Isto porque, nestes programas, leva-se em consideração tais tipos de custos para definir quanto será financiado.

Muitas vezes, o financiamento apoia apenas os custos diretos. Ainda assim, é comum que financiadores permitam a justificativa por parte da empresa de incluir a necessidade de custos indiretos para projetos específicos. Podendo o financiamento ser aprovado ou não.

Para isso, é válido considerar cuidadosamente se há de fato necessidade desses custos existirem, em uma base diária, ou se eles representam uma demanda específica. Afinal, quando uma corporação aceita fundos do governo, a agência de financiamento pode exigir uma proporção máxima entre custos diretos e indiretos.

custos diretos e indiretos 04

Gerenciamento de custos

Utilizar ferramentas de gestão em seu negócio traz um impacto significativo ao seu trabalho como gestor. Um software de gestão financeira como o Flowup permite a automação de vários trabalhos sem a necessidade de investimento em capital humano.

Isto quer dizer que, com um investimento de baixo custo para sua empresa em um software de gestão financeira, você pode substituir processos complexos de trabalho por processos mais simples, e reduzir a sua necessidade de capital humano para gerir seu negócio e seus projetos.

O Flowup não elimina a necessidade de um bom gestor no seu negócio, ele apenas facilita o trabalho de tal gestor, ao ponto de que processos simples que podem ser realizados pelo nosso software saem da rotina deste gestor, para que ele possa ter tempo para por suas habilidades estratégias em prol do crescimento do seu negócio.

Esta facilitação de processos que, sem um gerenciador financeiro, podem ser bastante complexos e difíceis de se rastrear, trazem para você altos retornos.

O Flowup oferece planos escaláveis em que você pode começar usando features essenciais para o seu negócio hoje, com um baixo custo e alto retorno sobre investimento, e, conforme o software vai lhe trazendo mais retorno, você poder escalar para ter acesso a mais recursos, aumentando assim o valor do sistema de gestão para o seu negócio.

Além disso, ele é desenvolvido para integrar o seu gerenciador financeiro com um sistema de gestão de projetos. Isso causa ainda mais impacto no seu negócio, pois, você e seu time precisarão alimentar apenas uma ferramenta de gestão com as informações do seu negócio.

O próprio Flowuo faz os rateios de custos indiretos, associa as informações que têm conexão com o seu projeto, e lhe apresenta relatórios projetados para lhe dizer de forma clara a informação que você está solicitando, sem precisar cruzar planilhas de controle financeiro ou relatórios.

Isto irá permitir que você otimize seu tempo e melhore a sua gestão de pessoas.

Para poder testar nosso software de gestão, basta deixar seu e-mail abaixo e lhe encaminharemos para nosso teste gratuito, onde você terá 15 dias para testar o impacto da nossa ferramenta no seu negócio.

Sugerimos que você tire suas dúvidas com o nosso time de suporte enquanto testa a ferramenta, para garantir um bom aproveitamento destes 15 dias de teste, pois, durante este período, estaremos assumindo todos os riscos para que você possa testar nossa ferramenta de gestão sem custos para o seu negócio.


Como nossa ferramenta possui muitos recursos, você também poderá entrar em contato solicitando uma demonstração mais específica, onde nossos consultores farão uma análise do seu negócio para poder lhe apresentar os recursos que trarão o maior impacto na sua gestão.

Banners2_Gestao_Financeira_3Powered by Rock Convert
Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Flowup Site
error

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Acelere o crescimento da sua empresa.Fale agora com um especialista!
+