Qual é a importância do controle de horas trabalhadas dos colaboradores?

a importância do controle de horas dos colaboradores

O gasto que uma empresa tem com a folha de pagamento pode consumir fatia considerável das receitas, por isso precisa ser monitorado bem de perto. É aí que entra o controle de horas trabalhadas, que permite acompanhar a jornada de cada colaborador e identificar possíveis irregularidades.

Elaboramos este post para mostrar a importância de tal controle para o negócio e como isso pode contribuir para o alcance de resultados mais satisfatórios. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

Ajuda a garantir que a jornada seja cumprida de forma adequada

Isso quer dizer que o controle de horas permite verificar se os colaboradores estão trabalhando dentro do intervalo acordado em contrato — e que não estão saindo mais cedo ou fazendo horas extras sem necessidade (ou autorização).

Com um controle adequado, é possível acompanhar faltas, atrasos, adicionais noturnos, banco de horas, entre outros. Com esse acompanhamento, fica mais fácil saber quem está apresentando desempenho aquém do esperado e quem pode estar sobrecarregado com uma carga horária maior.

Evita conflitos judiciais

Quanto mais rigoroso for o controle de horas, menor é a chance de a empresa ter que enfrentar uma ação trabalhista. Um dos principais motivos que geram esse tipo de conflito é justamente o excesso de horas trabalhadas — ou seja, o colaborador pode alegar jornada abusiva ou que não recebeu adequadamente por ela.

No entanto, se o ponto é monitorado de forma eficiente e transparente — permitindo que o trabalhador e o RH tenham acesso aos dados —, a margem de erro é diminuída consideravelmente, e com ela, a possibilidade de abertura de processos.

Mesmo havendo ações, o controle de horas serve como prova

Ainda que os trabalhadores tentem entrar com um processo trabalhista, o controle pode ser usado como prova da carga horária exercida. Se não existirem irregularidades, essa é a forma de a empresa se resguardar de possíveis punições.

Auxilia no acompanhamento das horas extras

Os colaboradores podem ter o registro correto dos horários de entrada e saída durante a jornada e, ao mesmo tempo, a empresa fica resguardada, já que os direitos estão sendo cumpridos. Lembrando que, do ponto de vista da lei, uma jornada de 8 horas diárias só pode ser acrescida de 2 horas extras.

Dessa forma, é possível identificar a necessidade de pagamento de horas extras ou adicional noturno, ou ainda acrescentar o período trabalhado a mais no banco de horas. Para a empresa, esse pode ser um indicador de problemas com produtividade ou de um quadro de colaboradores defasado, por exemplo.

Permite identificar o custo das horas trabalhadas

O custo (tanto operacional quanto administrativo) é um dos fatores que geram preocupação em muitos gestores. Nesse sentido, controlar a jornada de trabalho dos colaboradores permite identificar o custo da hora trabalhada de cada um deles e possíveis excessos, bem como a necessidade de adotar mudanças na rotina.

Não arrisque sua empresa a ter penalizações judiciais

Se seu negócio integra mais de 10 funcionários, o controle de horas trabalhadas e de outras determinações legais deve ser ainda mais rígido para evitar penalizações e uma mancha na imagem da empresa. Dessa forma, o funcionário ou ex-funcionário pode entrar com um processo exigindo seus direitos relacionados a hora extra, jornadas acima do permitido, adicionais noturnos, trabalhos em feriados e domingos etc.

Há também a fiscalização por parte do Ministério do Trabalho, que poderá fazer com que uma empresa sofra multas administrativas. Para isso, o órgão vai levar em conta a quantidade de colaboradores, o porte da organização e qual foi exatamente o tipo de infração. As empresas reincidentes têm multas ainda maiores.

Ausência de registro de ponto

Então, fique atento, a ausência de registro de ponto para ter maior controle das horas trabalhadas está entre as infrações mais graves e pode gerar valores altíssimos. Por isso, certifique-se de que o relógio de ponto contenha os horários de entrada e saída do colaborador, seu intervalo para almoço e outros intervalos durante o trabalho. Tudo isso segundo as normas legais.

Para os colaboradores que trabalham em home office ou algum outro tipo de serviço externo, a regra é a mesma e o controle de horas trabalhadas também é exigido. Com a evolução da tecnologia, é possível utilizar aplicativos de ponto móveis que utilizam o sistema de GPS para monitorar esses colaboradores e garantir as exigências da lei.

Por que ter rigidez no controle das horas trabalhadas

Quando há uma preocupação organizada com o controle do tempo no trabalho, tanto o empresário como os colaboradores tendem a ganhar. Afinal, isso é de extrema importância para a saúde operacional do seu negócio e o aumento da produtividade e frequência dos colaboradores, de forma geral. E as horas trabalhadas podem influenciar diretamente nisso.

Ganho de produtividade

Isso porque o excesso de horas, ocasionado pela falta de controle no tempo, gera estresse e cansaço aos envolvidos nas atividades. Claro que isso é contraproducente e prejudica não só o desempenho deles na empresa, mas também sua própria saúde— que a longo prazo também será prejudicial para o negócio. É preciso ter cuidado para que não haja uma sobrecarga que comprometa a produtividade da empresa.

Facilidade de avaliação pelos gestores

Outras vantagens que isso pode trazer é facilitar a avaliação das atividades por parte dos gestores, de forma organizada. Desse modo, você consegue identificar quais são os funcionários mais e menos produtivos, além de reconhecer quais setores produzem mais. A partir dessa avaliação, é possível realizar algumas mudanças benéficas para a saúde da empresa, como redistribuir as atividades conforme os funcionários com melhor desempenho, caso necessário.

Organiza o pagamento de horas extras

Se houve controle de horas trabalhadas é muito mais fácil e organizado calcular as horas extras, além das 44 horas semanais previstas pela CLT, e cumprir com as suas obrigações legais para fugir de problemas judiciais e manter seu funcionário satisfeito na sua empresa. Afinal, todas as informações necessárias estão armazenadas no ponto.

Implementar um controle de horas eficiente é de suma importância para a empresa, que passa a monitorar seus colaboradores e se resguarda de possíveis ações na Justiça do Trabalho. No entanto, isso também é benéfico para o colaborador, que tem seus direitos preservados e passa a receber acertadamente pelos serviços prestados.

Suas dúvidas foram esclarecidas? Quer saber como funciona o controle de horas trabalhadas na prática? Então, experimente nossa ferramenta gratuitamente e conheça os benefícios que ela proporciona!

ebook a importância da gestão de tempo para aumentar os lucrosPowered by Rock Convert
Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Flowup Site
error

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Acelere o crescimento da sua empresa.Fale agora com um especialista!
+