Como utilizar o PMBOK para fazer o gerenciamento de custos?

gerenciamento de custos

O Project Management Body of Knowledge (PMBOK) ou Corpo de Conhecimento do Gerenciamento de Projetos, envolve as boas práticas de reconhecimento geral para a gestão de projetos. Ele traz as diversas ferramentas que podem ser usadas e define como aplicá-las em um contexto prático. Entre as propostas do guia, há o gerenciamento de custos.

A ideia é controlar as finanças para garantir um bom desempenho para o projeto. Assim como acontece em outras etapas, é possível utilizar alguns recursos para consolidar um desempenho diferenciado.

Na sequência, entenda melhor como você deve usar os conhecimentos e práticas do PMBOK para fazer o gerenciamento de custos diretos e indiretos do projeto!

Por que esse processo é importante?

Acredito que todos podemos lembrar de alguma vez em que decidimos passar rapidamente pelo supermercado e comprar “apenas algumas besteirinhas” que estavam faltando na nossa geladeira. Quanto imaginamos gastar? Cerca de R$ 20,00 ou R$ 30,00, afinal, estamos pensando em comprar apenas dois ou três itens que acabaram recentemente. No máximo R$ 60,00 – vai que esquecemos de alguma coisa!

Quando finalmente chegamos ao caixa com uma sexta superlotada, vemos um total de R$ 130,00 aparecendo no monitor. Passamos pelas prateleiras decidindo pegar mais um e outro item. Lembramos que também precisávamos de manteiga, e vimos que tem polpa daquela fruta que gostamos e estava em falta quando fizemos a feira.

É para evitar esta situação que fazemos o gerenciamento de custo eficiente em nossos projetos.

O gerenciamento de custos é essencial para o sucesso do projeto – não apenas disso, mas também para sua realização. Basicamente, é uma forma de garantir que o projeto seja executado dentro do orçamento previsto para cumprir o escopo (e apenas o esforço determinado nele), sem custos extras. Isso diminui os riscos e favorece as chances de sucesso.

Também é uma maneira de obter um bom retorno sobre investimento (ROI). Com os gastos controlados, o retorno dos lucros é ampliado e atende às expectativas definidas ainda no planejamento.

Por que adotar o gerenciamento de custos do PMBOK?

O controle das finanças previsto pelo PMBOK traz outras vantagens igualmente importantes. Graças a essa etapa, é possível garantir uma integração entre a gestão do projeto e o controle dos custos previstos e realizados. Com isso, a tomada de decisão é favorecida e se torna mais efetiva.

Além de tudo, o PMBOK envolve boas práticas que servem para a padronização e para o alcance dos melhores resultados. Usá-lo como guia reduz os riscos de erros e permite atingir um nível diferenciado de qualidade.

Quais são as ferramentas do Guia PMBOK?

Para executar o gerenciamento de custos corretamente, é essencial utilizar as ferramentas e os recursos previstos por esse guia. Ao saber como aplicá-los, é possível garantir que o orçamento seja cumprido de forma completa. A seguir, veja quais são os 4 passos essenciais e suas ferramentas para esse processo!

Planejamento do gerenciamento de custos

No primeiro momento, o objetivo é criar um plano de gerenciamento dos custos, o que envolve uma consolidação de dados, com base no escopo e nos ativos de processo. Também podemos citar a inclusão de análises de dados e de reuniões com os interessados, de modo a obter as informações necessárias.

Estimativa dos custos

Em seguida, é a hora de estimar todos os gastos para alinhar as expectativas. A partir do plano elaborado no passo anterior, é o momento de adicionar dados relevantes. Há diversas estimativas que podem ser realizadas, como a análoga ou de três pontos. Ao final, é necessário apresentar o resultado que demonstra estar de acordo com a proposta do projeto, através de uma base de estimativas.

Criação do orçamento

Com base nas informações coletadas sobre escopo, cronograma e estimativas, é possível criar um orçamento. Ele serve para definir um valor específico para a execução, além de poder ser dividido em etapas ou setores. Também estabelece os limites de uso de cada recurso financeiro e as reservas necessárias para melhorar os resultados.

Controle dos gastos

Por fim, você deve fazer um controle por meio do acompanhamento dos gastos e das exigências do orçamento. Ele é feito durante a execução do projeto e inclui os diferentes dados relacionados ao desempenho. Se for necessário realizar mudanças no orçamento, é por meio do controle que há a decisão sobre a viabilidade.

O gerenciamento de custos do projeto é essencial para que tudo aconteça dentro das possibilidades e exigências financeiras para a realização. Com as ferramentas do PMBOK, você pode alcançar um bom desempenho.

O uso da tecnologia auxilia esse processo e garante máxima performance. Quer orientações específicas para sua empresa sobre gerenciamento de custos e saber como facilitar estes processos? Entre em contato conosco da Flowup e veja como podemos ajudar!

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Flowup Site
error

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Acelere o crescimento da sua empresa.Fale agora com um especialista!
+