3 tendências em gestão de pessoas para acompanhar em 2018

tendências em gestão de pessoas

Vivemos em um mundo onde a informação circula em passos extremamente ligeiros, a cada instante, novas tecnologias são lançadas e notícias ganham âmbito global. A rapidez com que as informações fluem interferem, diretamente, nas relações humanas atuais.

Lidar com pessoas não é mais como era feito há alguns anos, hoje vemos que a cada momento o ser humano deseja ser mais livre e dono do seu próprio tempo. A rotatividade de pessoal nas empresas nunca foi tão grande, a concorrência e o prazer por liberdade ajudam a alavancar esses números.

Quer ficar por dentro das tendências em gestão de pessoas que esperamos para 2018? Então continue a leitura e confira!

O que esperar na gestão de pessoas em 2018?

1. Autonomia

Gerenciar caminhando pela empresa, observando se os seus funcionários estão nos lugares correspondentes e realizando a tarefa esperada está ultrapassado. É preciso que o gestor crie condições necessárias para que os colaboradores realizem o melhor trabalho.

Proporcionar liberdade e autonomia para o trabalhador realizar suas tarefas, prezando pela responsabilidade em cumprir metas preestabelecidas, será um peso valioso e mais difícil de ser compensado por um salário superior.

Empresas que oferecem autonomia — sobre a tarefa, o tempo e técnica — estimulam os funcionários a empreender novos projetos e colhem frutos como: menor rotatividade profissional, ganho de capital humano, economia de custos e há uma maior satisfação no trabalho, o que leva, por sua vez, a um melhor desempenho profissional, conferindo um maior desempenho a organização.

2. Excelência

É do ser humano querer se tornar cada vez melhor naquilo que ele faz. Se as empresas impulsionarem esse desejo, ela caminhará, junto com os colaboradores, rumo à excelência.

Usando a autonomia como base, pode ser observado um maior empenho do funcionário a buscar conhecimento e ferramentas que o ajudarão no dia a dia da companhia. A melhoria contínua será posta em prática naturalmente, não sendo necessário criar um processo para que ela aconteça.

Dar meios para que as pessoas se aprimorem intelectualmente fará com que a organização cresça, gerando maior produtividade e satisfação. Como tendência em gestão de pessoas iremos ver organizações prezando pela busca de conhecimento dos seus funcionários.

3. Propósito

Pessoas autônomas em busca da excelência trabalhando por um propósito apresentam um desempenho de alto nível.

Nesse momento, a missão da organização deverá ser compartilhada entre seus colaboradores. Fazer com que todos entendam aonde se quer chegar, ajudará a construir a estrada mais firme a ser percorrida.

Organizações com propósitos definidos e focados a alcançarem sempre a excelência são bem-vistas pelo mercado, e têm um alto grau de confiabilidade em desenvolver seus produtos e serviços perante o cliente final.

Cada vez mais empresas, com alto grau de autonomia e ambientes descontraídos, estão ganhando lugar no mercado e quebrando paradigmas de que o funcionário precisa de vigilância constante para fazer suas tarefas com qualidade. Pessoas inteligentes e responsáveis vão querer executar seu trabalho do seu próprio jeito.

Incentivar a criatividade, a flexibilidade e a busca por conhecimento figurarão como tendência em gestão de pessoas para 2018.

O que você achou dessas tendências? Boas? Então compartilhe esse texto nas suas redes sociais para que seus amigos também possam se atualizar!

Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.

Comments

comments

Flowup Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Quer aumentar a performance da sua empresa? Descubra aqui!
+