Gestão de projetos em arquitetura: como melhorar a produtividade

gestao de projetos em arquitetura como melhorar a produtividade

Mais do que alimentar o lado criativo e antenado com as tendências de mercado, o arquiteto deve desenvolver habilidades de gestão de projetos. Seja trabalhando como autônomo, à frente de seu próprio escritório, ou como contratado em uma empresa, o arquiteto lida diariamente com diversos projetos.

Alguns mais complexos, outros mais simples, mas a verdade é sempre a mesma: o arquiteto sempre está envolvido com o escopo, o tempo e os custos de uma iniciativa. Em muitos casos, lida, ainda, na elaboração de orçamentos, contratação de outros profissionais, aquisições de materiais específicos, intermediação entre cliente e empresa e, claro, nos relacionamentos interpessoais que envolvem seu trabalho.

Com tantas atribuições, a produtividade do arquiteto pode ser prejudicada. Mas não se você seguir estas dicas! Confira!

Planeje a gestão de projetos

Gerir pessoas, recursos e processos: essa é a principal atribuição de quem está na liderança de projetos arquitetônicos. Para não falhar em nenhuma dessas bases, é imprescindível que você crie um planejamento.

Pode ser um checklist padrão ou um documento de base que possa ser modificado segundo as características de cada trabalho. O que importa realmente é que você estabeleça as regras que guiarão seu trabalho ao longo do projeto.

Crie modelos de documentos

Crie um modelo de definição de escopo para delimitar o seu trabalho e alinhar as expectativas com os clientes e sua equipe. Na declaração de escopo, deve ser explicado exatamente do que se trata o projeto, quais são as premissas para que ele seja desenvolvido e também as restrições.

Por exemplo: na reforma de uma casa, pode constar como premissa que ela esteja desocupada. Como restrição, você pode indicar que o acabamento em gesso não será feito pela sua equipe, mas por outra empresa.

Habitue-se com os orçamentos

Nada pior do que parar um projeto por falta de orçamento ou porque o cliente está questionando os gastos. Evitar esse tipo de situação é fácil: dimensione os custos do projeto logo de início.

Quando você se propõe a realizar a gestão de projetos, está assumindo a responsabilidade por todo o conjunto de atribuições administrativas e burocráticas que acompanham a iniciativa.

A vantagem de ter o orçamento pronto logo de início é que você pode conciliar escopo e custos, otimizando o trabalho da equipe e trazendo maior produtividade para o projeto.

Faça reuniões diárias

O que emperra um projeto arquitetônico, muitas vezes, é o fato de as dificuldades se acumularem por falta de diálogo entre a equipe. Na gestão de projetos ágeis, costuma-se realizar reuniões diárias, de não mais do que 15 minutos, para alinhamento interno.

Todos têm a oportunidade de apresentar seus resultados do dia anterior, propor mudanças e, claro, mencionar as dificuldades. Em conjunto, o time procura a melhor forma de contornar o problema.

Terminada a reunião, todos assumem suas atividades e ganham em produtividade, já que as tarefas, objetivos e resultados estão alinhados.

Quer melhorar a produtividade na gestão de projetos em arquitetura? Entre em contato conosco!

Comments

comments

Flowup Site

One thought on “Gestão de projetos em arquitetura: como melhorar a produtividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *