Como precificar serviços de forma correta?

como precificar servicos de forma correta

Saber como precificar serviços é algo crucial para o sucesso do negócio. Somente com uma formação de preço adequada é possível cobrir todos os custos e ainda garantir boa margem de lucro. Contudo, alguns gestores possuem dúvidas de como esse processo é feito e o que precisa ser levado em consideração.

A seguir, daremos algumas dicas importantes para que a formação de preços no seu negócio seja feita acertadamente. Continue com a leitura e confira agora mesmo!

Faça pesquisas de mercado

Com a situação econômica que o país vem enfrentando, é fundamental realizar uma pesquisa de mercado. O objetivo é avaliar o comportamento do consumidor e como os preços são praticados, bem como os fatores que influenciam no seu aumento ou queda.

Esse estudo também precisa avaliar a elasticidade da demanda — ou seja, se a procura se altera, ou não, quando há variação nos preços. Essa informação é importante, pois se houver maior procura quando o preço é menor, o ideal é buscar meio de reduzir os custos, tornando os preços mais atraentes.

Identifique os custos

Os custos fazem parte de uma das variáveis mais importantes na conta de precificação. Sendo assim, na hora de saber como precificar serviços de forma correta, é necessário identificá-los mais detalhadamente.

Vale lembrar que o preço não é formado apenas pelo custo dos produtos e mão de obra utilizados no serviço. Também é preciso considerar os gastos com marketing, material auxiliar, aluguel, energia elétrica, entre outros. E todos eles precisam ser pagos de alguma forma: a receita obtida com as vendas.

Conheça o regime tributário da sua empresa

Pouca gente sabe, mas o regime tributário também influencia no preço, visto que ele é responsável pelo custo que a empresa tem com o pagamento de impostos. Por exemplo, existem enquadramentos em que é permitido fazer a recuperação de alguns valores pagos. Nesse caso, o custo com impostos será menor, o que implica em um preço inferior.

Caso você tenha dúvidas de qual é o seu regime e como ele pode afetar sua estratégia de precificação, converse um pouco com o seu contador.

Tenha um histórico dos serviços prestados

Essa também é uma questão muito importante para estabelecer os preços. É por meio desses registros que se consegue realizar uma estimativa de gastos. Ou seja, com base no histórico dos serviços já executados, da quantidade de pessoas envolvidas, recursos empregados, entre outros aspectos relevantes.

Nesse momento, a utilização de um sistema de gestão é crucial, pois ele pode fornecer de maneira mais organizada todos os dados necessários para a realização de tal tarefa.

Estude a concorrência

Analisar os concorrentes e o que eles oferecem é importante para saber se o seu negócio é competitivo e se oferece algum diferencial para os clientes. Isso, que é percebido como “valor” pelos clientes, vai muito além do preço: é o benefício que o serviço oferece e que nenhuma outra empresa consegue apresentar. É essa a justificativa para que o consumidor aceite pagar um pouco mais.

Além de todos esses aspectos, também é necessário estabelecer uma margem de lucro que seja satisfatória, mas que ao mesmo tempo, não seja tão discrepante do que é praticado no seu nicho de atuação. 

O que achou deste post? Compartilhe em suas redes sociais e ajude mais pessoas a descobrir como precificar serviços corretamente!

kit gestao financeira
Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.

Comments

comments

Flowup Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Quer aumentar a performance da sua empresa? Descubra aqui!
+