Certificado PME: entenda o que é e como consegui-lo!

veja como conseguir o certificado PME

Para estimular o empreendedorismo, é comum que as PMEs recebam algumas vantagens no mercado. Há, por exemplo, linhas de financiamentos especiais e programas específicos para os pequenos empreendedores. Então, obter um certificado PME é uma saída para aproveitar esses benefícios.

A principal ferramenta disponível no Brasil nesse estilo é o comprovante MEI. Por meio dele, é possível atestar a forma de tributação e garantir que se trata de um empreendimento de porte micro.

Na sequência, descubra como obter o certificado PME e entenda os benefícios para a empresa.

Como conseguir a certificação?

O comprovante em relação ao MEI, conhecido como Certificado de Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI), é obtido de maneira totalmente digital e não exige mais que alguns passos. A etapa é realizada no Portal do Empreendedor, em que há a emissão do comprovante.

Basta inserir as informações solicitadas para obter a declaração em via digital. O processo acontece sem a possibilidade de fraudes, então o elemento emitido já é suficiente para atestar a condição do empreendimento.

Quais são os principais dados solicitados?

Para fazer a emissão do certificado PME, não é preciso incluir muitos elementos. Na verdade, basta informar o CPF cadastrado e a data de nascimento. Por meio dessas informações, o sistema já é capaz de obter tudo o que é referente à empresa.

Inclusive, essa é uma alternativa para quem se esquece do CNPJ ou precisa confirmar algum aspecto específico.

Por que o certificado PME é importante?

Um dos pontos mais relevantes sobre o CCMEI é que ele atua como o alvará de funcionamento do empreendimento. A sua emissão, portanto, é fundamental para garantir a segurança.

Além disso, a etapa é gratuita e não leva mais que alguns minutos. Por ser muito prática, não demanda ações específicas ou que precisem de um profissional especializado. Para somar a esses benefícios, há aspectos que tornam esse elemento importante. Na sequência, veja quais são.

Acompanhamento do negócio

Emitir o certificado PME é uma forma de o próprio empreendedor saber como anda o estabelecimento. Afinal, a partir da obtenção do CCMEI é possível ter a certeza que o negócio continua enquadrado de maneira específica.

Para tanto, vale a pena fazer a emissão periódica, como forma de verificar que tudo anda conforme o previsto.

Acesso a condições diferenciadas

Como dito, o estímulo aos micro e pequenos empreendimentos é cada vez mais forte, de modo a permitir que os negócios tenham sucesso no mercado. Na hora de obter um financiamento especial ou de participar de um programa específico, é importante comprovar o porte da empresa.

O certificado surge, justamente, como uma maneira confiável de atestar o tamanho do estabelecimento. Por meio dele, há mais chances de obter a aprovação.

Melhoria no relacionamento com parceiros

Além de tudo, emitir esse documento é uma forma de confirmar que o negócio está totalmente regularizado e cumpre as principais necessidades. Para os diversos parceiros, é uma comprovação que traz segurança extra.

Apresentar esse comprovante fortalece a comunicação e estimula o relacionamento. Assim, é mais fácil firmar boas parcerias.

O certificado PME é um elemento bem importante para o negócio, já que atesta o porte do empreendimento. Com a emissão adequada, a sua atuação se torna ainda mais robusta.

Para sempre ficar por dentro das novidades e dicas, assine a nossa newsletter!

kit gestao financeiraPowered by Rock Convert
Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Flowup Site

Gostou do Blog? Compartilhe! :)

Acelere o crescimento da sua empresa.Fale agora com um especialista!
+